Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
A BATALHA DA ESCRITA - Instituto Parrhesia Erga Omnes
09/08/2019 17:54 em Livros

A BATALHA DA ESCRITA - baixe o livro AQUI

A batalha da escrita em 4 idiomas - Português, Espanhol, Francês, Inglês

“A palavra parrhesia aparece pela primeira vez na literatura grega em Eurípedes (ca. 484-407 a.C.) e ocorre através do antigo mundo grego das letras desde o fim do século 5 a.C., mas pode ser encontrada ainda em textos patrísticos escritos no fim do quarto e durante o século 5 d.C. dúzias de vezes – por exemplo, em João Crisóstomo (345-407). Há três formas da palavra: a forma nominal parrhesia; a forma verbal parrhesiazomai; e há também a palavra parrhesiastes – que não é muito frequente e não pode ser encontrada nos textos clássicos.

Ao contrário, encontra-se apenas no período greco-romano – em Plutarco e Luciano, por exemplo. Num diálogo de Luciano, “Os
Mortos vem à vida, ou O Pescador”, um dos personagens tem também o nome Parrhesiades. Parrhesia é comumente traduzido para
o inglês como free speech, em francês por franc-parler e em alemão por Freimüthigkeit. Parrhesiazomai é usar a parrhesia, e o
parrhesiastes é quem usa a parrhesia, i.e. é aquele que fala a verdade”1.

Neste contexto, relatamos que foi através da “PARRHESIA”, que obtivemos a liberdade física. Foram 14 anos de correria, e inúmeras tentativa de acesso a justiça, que através da “A batalha da escrita” exemplificamos uma situação jurídica em particular, que retrata a realidade de muitos outrxs em situação semelhante. Nesse pequeno período além dos inúmeros recursos e tentativas de acesso á justiça, e intervenções com mídias alternativas, em 2005 construímos site, zines e impressos, e uma produtora independente, em 2011 inovamos, com RAP e uma ponto.org.

Acompanhe essa trajetória

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!